terça-feira, 20 de janeiro de 2009

O Gnomo de Eric Joisel Passo a Passo

No último artigo falei sobre CPs. Agora vamos praticar.

Esse é o CP da primeira versão do Gnomo (Dwarf) de Eric Joisel. Essa versão não tem instruções oficiais dele (como quase todos os seus trabalhos).

Não existem indicações de vale montanha nem referências. Estudando o CP, medindo e calculando dá para deduzir quase tudo.

Escolha como vai transcrever o CP:

1. O mais fácil: imprima o CP no papel que vai usar e vá direto para o passo n.º 1.

2. Um pouco mais de esforço: leia a instruções, veja as referências abaixo e com o uso da régua desenhe o CP.

3. Ou o mais difícil: Faça os vincos diretamente no papel conforme instruções e referências.


Transcrevendo.

Este CP é obviamente estilo boxpleating. Cada 'tira' deve medir 1/24 da lateral. Primeiramente dobre as duas diagonais e os dois 'meios'. Fatorando 24 encontramos: 2 x 2 x 2 x 3. Para dividir, começamos com os maiores primos, nesse caso o 3. A referência principal, então, é dividir o papel em 3 partes iguais. Como? Se usar a régua, tá respondido; se não, é simples, use os Axiomas de Huzita-Hatori. (???) Existe um software, o ReferenceFinder, desenvolvido por Robert Lang que faz isso. Aqui estão 3 possibilidades de dividir um quadrado em 3 partes iguais só dobrando. Depois, gire a folha 90º e divida novamente em 3 partes iguais. Nesse 9 quadrados estão todas as referência necessárias: Nos 6 quadrados de baixo, os pés e o tronco; nos 3 de cima, os braços e cabeça. Se preferir, agora divida o papel em 24 x 24 (mas não é necessário, apesar de facilitar um pouco). Dobre 4 tiras até a metade do terço mais abaixo, 4 à esquerda, 4 à direita e 4 abaixo do terço de cima. Dobre 8 tiras no terço de cima. (Obs: Para dobrar quatro partes é 4 = 2 x 2, então divide-se no meio e depois no meio de novo; oito partes é 8 = 2 x 2 x 2, então no meio, depois no meio e depois no meio de novo). Muito confuso? Com o tempo você vai entendendo.

1º Passo. 'Pré dobre' os vales e as montanhas. A primeira linha depois da borda do papel é, via de regra, uma dobra de montanha. Sabendo isso dá para deduzir boa parte do CP. O resto tem que se descobrir tentando. Aqui está o resultado, vales em vermelho e montanhas em preto.


2º Passo. "Empurre" as 4 tiras das bordas para dentro como uma sanfona, montanha-vale-montanha-vale. Desconsidere os "diamantes" centrais.


3º Passo. Junte as extermidades das tiras do terço superior e as empurre em direção ao centro, seguindo sempre as indicações.

4º Passo. Empurre para dentro os dois triângulos inferiores e depois os laterias.

5º Passo. Segure as tiras do terço superior e eleve-as. Formarão os braços. As tiras de baixo devem ser abaixadas, abrindo os triângulos laterias que estavam encolhidos. Formarão os pés.

6º Passo. "Puxe" os diamantes que estão presos. Para isso desdobre os vértices.

7º Passo. Redobre os diamantes da parte de cima conforme as indicações e reorganize-os.

8º Passo. Na parte de baixo, gire os diamantes para dentro e junte novamente as "pernas".

9º Passo. Dobre o vértice superior para baixo e ajeite a cabeça.

10º Passo. Verifique se as dobras se "encaixam".

11º Passo. Dobre as extremidades da "sanfona" para dentro e para fora formando dedos.


12º Passo. As abas da cabeça vão formar o rosto.

13º Passo. Pronto. A base está formada. A finalização do modelo depende da criatividade do dobrador. Como o próprio Joisel diz, cada peça é uma obra de arte única e irrepetível.

Neste fórum francês você encontra instruções do próprio Joisel de como dobrar a versão mais recente, que tem um grid de 28 x 28. Essa versão tem duas tiras a mais em cada membro, permitindo membros maiores, um diamante a mais no rosto e uma cabeça um pouquinho modificada. Se você conseguir fazer o que expliquei acima, não terá problemas com a versão nova.

8 comentários:

  1. Caramba!!
    muito bom sua explicação e fotos!!
    Ainda não o fiz, mas assim que puder, darei um pulo aqui para obter ajudas!!
    Posso te add no meu blog?
    http://tatiyumi.blogspot.com
    Beijos
    Tati

    ResponderExcluir
  2. Oi^^,
    Obrigada pela visita^^, e espero que vc faça o minialbum e poste uma foto no seu blog^^.
    Espero que o passo-a-passo tenha sido bem didático^^. E achei muito legal vc falar sobre CP, eu tentei fazer um bem simples, mas não deu mto certo. Agora vou tentar denovo usando suas dicas^^.
    E eu tbm quero te adicionar no meu blog^^. ok?
    Bjus e mtas dobras p/ vc^^!!!
    Dizzy

    ResponderExcluir
  3. Muito legal, vou tentar!

    Obrigado pelas dicas

    ResponderExcluir
  4. oi!

    muito obrigado por "desmistificar" o cp!!! vou tentar!
    posso te linkar no meu blog?
    www.i-gami.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. ola!!

    sou super iniciante neste lance de origami..
    na verdade so fiz o grow e mto mal.. mas estou tentando fazer esse anão....

    seria possivel postar a finalização dele?? =)
    agradeceria mtoo...
    achei ele mto maneiro mas nao sei mesmo como sair da base p chegar a ele...

    obrigado

    ResponderExcluir
  6. Olá Anônimo,

    A finalização dessa versão é bem parecida com a da versão nova. Veja lá naquele fórum francês - http://www.pliagedepapier.com/forum/viewtopic.php?f=2&t=2808 - algumas dicas do próprio Joisel.

    Mas atenção:

    1. Esse modelo é intermediário-avançado; não tente fazê-lo se não conhece muito o origami... você pode se frustrar.

    2. A finalização é livre; depende de cada dobrador... tente ser um pouco "artista" e molde a base conforme achar mais interessante!

    3. Se quiser se inspirar, dê uma olhada em algumas fotos desse anãozinho no flickr: http://www.flickr.com/search/?q=dwarf+eric+joisel&s=int&ss=2&ct=6

    Boa Sorte.

    ResponderExcluir
  7. Nice gnomo
    please visit mi blog
    http://gus-zarate.blogspot.com/2008/05/dwarg-gnomo-enano-joisel.html

    ResponderExcluir
  8. Gracias por compartir.. el gnommo de Eric Joicel, paso a paso.. Yo tenia una grande curiosidad por saber como lo habría construído.. Ahora al mirarlo me parece mucho mas dificil aún de ralizar.. y tengo gran admiración por Eric y por los que logran hacer alguna de sus bellas e intrincadas figuras.
    Un gran saludo desde Santiago de Chile.
    aida.urrutia@gmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...